Italo Ventura | Amor não correspondido: passos simples para superar a dor.

18.11.2019

Amor não correspondido: passos simples para superar a dor.

Já está na hora de superar esse amor não correspondido, hein? A rejeição é uma ferida e a pergunta “por que ele não gosta de mim?” não sai da cabeça, não é? Bom, agora, eu estou aqui para te ajudar. Neste post, vou quebrar o código dos homens e te contar os melhores segredos para superar um amor não correspondido.

Você não consegue parar de pensar naquele cara. Toda hora, olha o status dele no WhatsApp para saber se está online. Ele mal posta uma atualização nos stories e você já vai conferir. Se postar uma foto com outra mulher, então, você só falta explodir.

Você faz de tudo para refrescar sua cabeça, mas ela não se refresca de jeito nenhum. Já está na hora de superar esse amor não correspondido, hein?

Falar assim é fácil — só quem sente sabe o quanto é difícil superar uma paixão. E pior ainda é quando o boy magia negra parece ter superado assim que o relacionamento chegou ao fim.

Mas, teoricamente, um amor não correspondido ou não vivido seria mais fácil. Só que nós temos dificuldades em lidar com a rejeição. É uma ferida no ego, e a pergunta “por que ele não gosta de mim?” não sai da cabeça. Bom, agora, eu estou aqui para te ajudar.

Tá difícil esquecer o embuste?

Neste post, vou quebrar o código dos homens e te contar os melhores segredos para superar um amor não correspondido. Vem comigo:

8 dicas para superar um amor não correspondido

mulher pensativa com diário nas mãos

Agora é hora de superar aquele cara que não te dá bola e ser feliz com alguém que te valoriza. Veja o que fazer para superar aquele amor não correspondido:

1. Primeiramente, pare de conferir as redes sociais dele

O ser humano é associativo. Ele costuma associar as coisas aos sentimentos, principalmente a dor e o prazer.

Sabe por que você quer toda hora conferir se ele está online, quem são aquelas pessoas nas fotos dele, o que ele está fazendo agora — mesmo que ele não mereça nem um minuto de sua atenção? Porque, na sua cabeça, esse ato é uma forma de trazê-lo para perto e livrar você da dor da distância. E nós somos viciados em nos livrarmos da dor.

Sua mente começa a inventar motivos mirabolantes para olhar as redes sociais dele, para mandar mais uma mensagem (mesmo que ele não tenha respondido aquela última, enviada há dois dias). Ela só quer cessar essa dor horrível da separação. Infelizmente, nosso inconsciente valoriza demais o prazer em curto prazo, portanto é difícil de aceitar que, para esquecer de vez aquele amor não correspondido, é preciso sofrer por um tempo.

Então, se é algo quase que inconsciente, não se castigue por querer enviar mais uma mensagem. Mas também não precisa enviar, correto? Você precisa se empoderar! Por mais dolorido que seja, cortar o contato pelas redes sociais é a melhor coisa que você pode fazer. É uma dor enorme hoje, que vai trazer muitos benefícios amanhã. Não se esqueça.

2. Siga a técnica da pulseirinha

Então, você me diz: “Ah, Ítalo, eu já tentei, mas é mais forte do que eu”. Só que, antes, você não compreendia o que estava por trás desse desejo maligno de enviar a mensagem. Mas se ainda acha que é uma missão impossível, vou te dar uma dica simples para superar esse amor não correspondido.

Sabe aquelas pulseirinhas de borracha? Se você não tiver, serve aquele elástico de dinheiro. E o que você vai fazer? Simples: lembra que eu te disse ali em cima que nós associamos as coisas ao amor e à dor? É o que vamos fazer agora!

Toda vez que pensar no boy magia negra, que bater aquela vontade desesperadora de conferir o status, que sua vida depender daquela conferida nos stories, você vai enfiar o dedo na pulseirinha, puxá-la bastante e soltá-la no pulso. Ai!

E o que isso quer dizer? Você está dando um recado para sua mente: o boy magia negra só me traz dor, então não quero pensar nele, não quero enviar mensagem, não quero ver suas redes sociais. Seu corpo vai receber essa informação, sua mente vai começar a entender e, enfim, dizer “Tá bom, garota! Já entendi!”.

Mesmo assim, ela vai insistir. Quando o embuste vier à mente de novo, é só puxar o elástico e “plec!” no pulso. Com o tempo, sua cabeça vai entender.

3. Medite

Já é provado cientificamente que quando vemos aquela pessoa por quem a gente se apaixonou, a parte do nosso cérebro responsável pela dopamina é ativada.  Esse hormônio é ligado ao prazer, ao humor, ao sono, à motivação e, por isso, ao vício. Portanto, quanto mais tempo de relacionamento, mais tempo o corpo demora para normalizar a produção de dopamina. É por isso que a gente sente aquela abstinência e necessidade de ver o outro toda hora.

Então, como esquecer um amor não correspondido, se ele causa essa abstinência no seu organismo? Teoricamente, é simples: fazendo atividades que também possam estimular a produção de dopamina. Uma das mais saudáveis é a meditação.

Crie o hábito de meditar todo dia. Se você tiver um tempo corrido ou dificuldades de concentração, pelo menos uns 5 minutos assim que acordar. Essa prática organiza sua mente de tal forma que você vai ver benefícios muito além da superação de um amor não correspondido. Você ganha mais foco, enxerga a vida com mais clareza, consegue falar com mais objetividade (pois articula melhor as ideias) e sente melhoras significativas no humor.

Para ficar mais fácil, faça meditação guiada. Há vários vídeos no YouTube que podem ajudar você a fazê-la em casa mesmo, sozinha. 

4. Seja grata

mulher sorrindo demonstrando gratidão e felicidade

Reconhecer que você tem fontes de felicidade muito maiores e melhores que um boy magia negra ajuda a esquecer esse amor não correspondido com muito mais facilidade. Depois da sua meditação, pegue um bloquinho de notas e comece a anotar tudo o que te faz bem. Essa anotação obriga você a organizar suas ideias, já que nossa mente é um tanto confusa.

Então, pegou seu bloquinho? Agora você vai anotar 5 motivos pelos quais você é grata pelo dia de hoje. “Ah, Ítalo, desde quando ele me deixou, eu não consigo ver motivos para agradecer”. Balela! Se você está viva, tem motivos para agradecer.

Olha, pode ser por poder respirar, por ter água em casa, por andar até a padaria para comprar pão. Essas pequenas coisas, que parecem não ser nada, seriam fonte de felicidade para muita gente. Não deixe de ver a beleza da vida em cada detalhe do seu dia a dia. 

5. Queira superar

De nada adianta você seguir todas as minhas dicas se, no fundo, não quiser superar. “Ah, se eu fizesse tal coisa, ele voltaria para mim”. Garota, vamos entender que ele tem que te querer do jeito que você é! Além disso, infelizmente não vamos agradar a todo mundo. Com certeza já teve algum cara bacana que se apaixonou por você, mas o sentimento não foi recíproco. Acontece.

Então, siga em frente. Pode ver que tudo o que eu te falei é simples, nada de outro mundo. Você só precisa aceitar que tem um amor não correspondido e que é hora de deixá-lo para trás.

Ah, e superar também é deixar as mágoas para trás. Se não, esse amor não correspondido vai continuar morando na sua mente, só que na forma de rancor. E você não merece esse empecilho na sua vida. O que passou, passou. Bola para frente.

6. Faça um hobby

Depois de um fora ou um não, é normal que a autoestima fique abalada. Então, é hora de fazer algo por você. 

Enfim, tenha um hobby. Faça aquilo que você gostava, mas sabe-se lá por qual motivo, deixou de praticar. E será que não está na hora de começar aquela atividade que você está enrolando um tempão para pôr em prática? Por exemplo, uma dança, que é um exercício físico e que ainda é muito divertido. 

7. Melhore sua alimentação

Lembra que ali em cima eu te disse que nossa mente gosta de prazer imediato? É por isso que o açúcar é tão viciante. E quando a gente toma aquele fora, é normal descontar a frustração em sorvete, doces e comidas gordurosas — ou seja, em prazer imediato. 

Então, vamos reprogramar a sua mente: em vez de focar no agora, vamos pensar no prazer em longo prazo. Frutas, legumes, proteínas e um pouco de carboidrato é que vão trazer mais ânimo, saúde e qualidade de vida para você.

Pense também nos detalhes: eu, por exemplo, gosto de colocar cúrcuma, que é anti-inflamatório. Ele previne o surgimento de câncer e até patologias degenerativas, como Alzheimer e Parkinson. Mas antes de sair salpicando cúrcuma por aí, converse com um nutricionista, certo?

Uma boa alimentação ajuda a equilibrar suas taxas hormonais, te dá mais ânimo e até melhora a visão que você tem de si mesma. Ótima forma de começar a superar esse amor não correspondido.

8. Aceite que você é humana

O sofrimento é normal no processo. Sabe por que você sente essa falta, essa tristeza, essa dor quase que física? Porque você é humana. Só não sofre quem é psicopata! Você não é um robô, não é uma pedra, não está morta!

Você só sente dor porque está viva. Então, comemore! Parece doido, não é? Mas comemore. Não se debata quanto a isso. Veja que essa dor é bonita, porque vem de um amor, de um sentimento que não foi correspondido. Celebre essa dor pequena perto de outras tão mais doloridas.

Acabou. Sinta essa dor e bola para frente. 

Pronta para superar esse amor não correspondido? Continue acompanhando o blog e não perca toda vez que eu quebrar o código dos homens. Até a próxima!

Comentários

Leia também

O guia para conversas irreristíveis pela internet

Baixe o e-book “oi, sumida” e aprenda os princípios de uma conversa online envolvente e irresistível.


Você está 100% Livre de SPAM

O guia para conversas irreristíveis pela internet

Baixe o e-book “oi, sumida” e aprenda os princípios de uma conversa online envolvente e irresistível.


Você está 100% Livre de SPAM