Italo Ventura | Como esquecer alguém: deixe o seu ex no passado

24.07.2020

Como esquecer alguém: deixe o seu ex no passado

Você não merece ficar 24 horas pensando no seu ex. Você pode conquistar a liberdade, ter uma vida longe da memória que tem dele. Saiba como esquecer alguém.

Eu sei, não precisa me dizer. Você gosta muito dele e não queria que as coisas estivessem como estão. Mas, vamos lá, não ter ele é tudo o que você tem agora, então é melhor fazer algo a respeito. É bom que você saiba lidar com isso da melhor forma possível e eu posso e irei te ajudar com isso: vou te mostrar como você vai esquecer alguém.

No final, você vai estar falando essa frase e acreditando nela:

Algumas situações acontecem com mais frequência do que deveriam, eu vou exemplificar uma delas para você: vocês estavam saindo, e do nada ele foi esfriando, esfriando, e, nesse esfriar dele, você foi ficando desesperada até entrar na síndrome da impostora.

Qual o seu valor?

“Eu não valho nada” é o que você costuma dizer quando está dessa forma, com seu valor baixo. Quando você sente que não merecia estar no lugar que atualmente está.

E isso traz um efeito negativo à você, mas também ao homem que você deseja, porque agora ele irá se perguntar “onde foi parar aquela mulher saudável que me interessei? Porque existe uma versão muito menos atraente dela?”

Ele já estava frio, mas esse pode ter sido o motivo de ele ter esfriado de vez. 

Quando o cara some de vez e resolve seguir a vida, talvez ele te fale, talvez não, isso não importa muito. Porque o que interessa é como você ficou nesse contexto todo e, geralmente, você fica arrasada. Perde as forças para trabalhar, não tem vontade de comer ou está comendo demais.

Você estava apegada a este homem, Que merda, eu me apeguei era o antigo nome do meu blog, sabia? O apego é grudar e não soltar mais, é querer a presença de alguém de novo e para sempre. Por isso, quando você tenta esquecer é tão difícil, porque o seu pensamento vai até ele de forma automática.

Recobre o seu valor

E o que você faz? Se desespera, se humilha, implora para ele voltar para você. Mas mendigar atenção não é uma estratégia de conquista. 

O máximo que você terá quando ele voltar é um relacionamento baseado em pena. Mas mesmo esta não dura muito tempo. Uma hora ele vai resolver viver a vida dele, viver de verdade, porque estar com alguém por piedade é fantasiar a realidade, ignorá-la. 

E digo mais: eu aposto que não foi assim que você conquistou ele.

Não estou dizendo que você não pode chorar, chore mesmo. Aceite que você perdeu essa. Uma Mulher de Alto Valor diz: eu quero você, mas não posso te forçar a estar comigo, e eu não vou ser feliz assim, meu compromisso é com minha felicidade.    

O primeiro passo depois disso é fazer um detox. E um dos motivos que te levará a isso é o desejo de se descolar da lembrança desse alguém que você quer esquecer. Fique 30, 40, 50, 60 dias longe dele. Quanto tempo for preciso. 

O que você vai fazer nesse período? Juntar seus pedaços. Recobre o seu valor e tire o lodo de você, porque você consegue brilhar e se refazer. Lembre-se quem você é: uma MAV. 

Joana e Igor

Joana se apaixonou por Igor antes mesmo de saber que o nome dele era Igor. Ela sempre o via na academia e ela que tomou a iniciativa de conversar e conhecê-lo. Eles começaram a sair e ela se envolveu de maneira rápida e desesperada. 

Ela não tinha alguém havia cinco anos, por isso se apaixonou quando alguém demonstrou o menor sinal de interesse e deu uma pequena abertura. Cinco meses se passaram e Igor agora demorava para responder, eles se viam uma vez a cada duas semanas e ele parou de ir à academia.

Até que desapareceu de vez e Joana, é claro, ficou arrasada. O que ela fez depois é o que importa: primeiro ela olhou todas as fotos dele, fotos que tinham juntos e ficou observando ele pelas redes sociais durante dias.

Olhou comentário por comentário e stalkeou todas as mulheres que ele teve alguma interação e, muitas delas, quando eles estavam juntos, ela já sentia ciúmes. Ela chegou a seguir essas mulheres nas redes sociais.

Joana olhava o tempo inteiro se ele estava online nas redes sociais, porque isso parecia diminuir o sofrimento dela. Se Igor ficasse 40 minutos online, ela ficaria o mesmo tempo esperando, até ele sair. 

Ela o observou todos os dias durante 2 meses. Chegava a anotar quanto tempo ele ficava sem entrar. Depois desse tempo, um dia ela ligou para ele no meio da noite e se declarou: “Olha, eu não esqueci você, eu te amo, vamos ficar juntos”. Igor respondeu que nada mais aconteceria entre eles.

Você acha que ela desistiu? Achou errado. Ela ligava incansavelmente “só para conversar”, ele quase nunca atendia, mas ela não desistia. Quando Joana era ignorada, ela juntava tudo que Igor tinha dado a ela e revivia todos os momentos que já haviam passado juntos.

Sentir é um privilégio

Se depois dessa história, você sentiu vontade de chacoalhar Joana e dizer algo parecido com “acorda para a vida”, saiba que esse texto tem a intenção de fazer isso, mas com você que lê.

Isso que Joana fez não funciona, portanto não faça isso. Não tome nenhuma dessas atitudes. Eu precisei te contar essa história para você poder ter força e enxergar que não é desse jeito que vai esquecer alguém.

Se você acha um absurdo olhando de fora, por que faz coisas parecidas? 

Eu sei que está doendo, e machuca. Mas isso é bom, porque mostra que você é um ser humano e que as coisas podem te afetar. Sentir é um privilégio também. Se você não estivesse sentindo dor, tristeza e vontade de voltar, você estaria morta.

Mude sua percepção

Se você enxerga isso dessa maneira, as coisas na sua cabeça começam a mudar. Veja a beleza que há nisso. Há uma frase do Osho: “Não analise, celebre”. 

Você não vai mudar isso da noite para o dia. Ainda assim, tudo depende da sua percepção e forma como você está acostumada a enxergar as situações. 

Sua atitude pode ser de olhar para isso como sendo um fim ou um começo. Uma vez que for a segunda opção você terá oportunidade de conhecer novas pessoas, novos lugares e estar em novas histórias, você vai poder vivê-las. 

Faça novos caminhos, porque sua cabeça tem que entender que existe um mundo além daquilo — além dele. Não procure ele em outras pessoas, não queira achar uma réplica.

O céu é o limite, e a vida em si é um potencial gigante que você deve saber aproveitar, que você pode e deve decidir como vai ser, afinal ela é sua. Você vai continuar chorando por um cara ou vai se escolher?

Decida que acabou

Você sabe que merece seguir em frente, e eu estou aqui para te dizer isso mais uma vez de outra forma: decida que acabou. Você merece saber como é a sensação de esquecer alguém.

Treine sua cabeça para entender que realmente acabou, isso inclui não olhar mais as redes sociais dele, não procurar saber o que ele está fazendo. Mate ele na sua vida, porque é assim que você irá tirar ele da cabeça.

Você pode jogar tudo fora, bloquear ele em todas as redes sociais. E isso não é uma atitude infantil, não se você olha o tempo todo o que ele faz. Porque se é isso que acontece, bloqueá-lo é a atitude mais madura que você pode ter.

“Mas a gente trabalha no mesmo lugar, malha no mesmo lugar, tem os mesmos amigos”. Isso não é desculpa, se você pode mudar, mude. Lembre-se que a prioridade deve ser você mesma e não o que ele vai pensar se você agir de determinada maneira.

O que importa é o que te faz bem e não o que vai atingi-lo. Seja egoísta, você precisar ser neste momento.

Comemore o fim, e não se debata com isso. Comemore o fato de que você sabe como esquecer alguém, e celebre que isso pode acontecer.

Você que manda no seu cérebro

Seres humanos são associativos. E é por isso que você quer mandar mensagem, porque você “sente dor” não procurando ele, e isso de certa forma te alivia. Mas isso é um alívio a curto prazo. 

E aí seu cérebro pode te enganar: “Tenta isso, porque você não tentou da última vez, fala isso porque da última vez você falou aquilo”. Sua mente vai inventar milhões de desculpas para poder evitar a dor.

Pare de ouvir música de sofrência, porque isso irá te ancorar à ela. Coloque música animada, porque se você quer ficar feliz, não é escutando músicas tristes que isso vai acontecer, né?

O seu cérebro se acostumou a alimentar o vício de olhar sempre as redes sociais dele. Ele se acostumou com essa sensação. Você precisa mostrar que quer estar apegada a outra coisa. Ensine você ao seu cérebro como esquecer alguém.

Sempre que você conseguir não olhar, comemore. Porque isso vai lembrar o seu cérebro de uma coisa boa, ele vai remeter essa situação à uma lembrança que é positiva. Ensine o seu cérebro que ficar longe dele é o que você quer. 

Todas essas atitudes vão reforçar isso, mesmo que a sua consciência ainda pense em fazer o contrário. Seja forte.

Você tem que querer superar! Se você não quiser, nada disso vai adiantar.  Repita sozinha: estou inteiramente livre do meu ex, a harmonia e a paz na minha mente reinam de forma suprema. 

Se você gostou desse texto, saiba que pode descobrir muito mais no meu curso Método MAV. Nele, eu ensino às mulheres a importância de elas se valorizem e se conhecerem. E se quiserem, conquistarem um relacionamento de alto valor. Inscreva-se na lista de espera da próxima turma.

Comentários

Leia também

O guia para conversas irreristíveis pela internet

Baixe o e-book “oi, sumida” e aprenda os princípios de uma conversa online envolvente e irresistível.


Você está 100% Livre de SPAM

O guia para conversas irreristíveis pela internet

Baixe o e-book “oi, sumida” e aprenda os princípios de uma conversa online envolvente e irresistível.


Você está 100% Livre de SPAM